Alexitimia - Descubra o que é e seus principais sintomas

Conheça os principais sintomas da alexitimia e como é explicado o conceito

Conheça os principais sintomas da alexitimia e como é explicado o conceito

Compreender e falar sobre os próprios sentimentos e emoções, assim como os de outras pessoas, pode ser uma grande dificuldade para algumas pessoas

O post de hoje começa já com a definição de alexitimia, que significa “sem palavras para definir os sentimentos”. É um termo originado a partir da união de duas palavras, do grego: a = negação + lexis = emoções / sentimento. Transportando para os dias de hoje, é a dificuldade que uma pessoa tem em conseguir identificar e externar seus sentimentos e emoções, problemas com o autoconhecimento. No post de hoje, aqui no blog da Arita Treinamentos, você fica por dentro do assunto. Continue a leitura!

Alexitimia: conheça os principais sintomas

  • Falta de capacidade imaginativa: as pessoas que sofrem de alexitimia pensam quase que exclusivamente no exterior. Não possuem, ou possuem em baixa escala, a capacidade de olhar para seu próprio interior e fantasiar uma situação, por exemplo.
  • Distanciamento: mesmo em círculos de amizade e de trabalho, pessoas assim são vistas por terceiros como distantes e até mesmo pessoas frias.
  • Falta de empatia: em razão da dificuldade de reconhecer e falar sobre seus próprios sentimentos, quem sofre de alexitimia também não tem empatia pelos sentimentos de terceiros, o que pode gerar muitos problemas ao longo da vida.

A inteligência emocional pode ajudar

Sim! Por ser uma metodologia que analisa profundamente as causas emocionais que geram / podem gerar traumas, a inteligência emocional consegue trilhar os caminhos corretos também na busca por saídas coerentes e adequadas às necessidades e sonhos do indivíduo. Quer saber como tudo isso funciona na prática? Fale com um dos nossos especialistas!

 Confira na sequência mais sintomas de alexitimia

  • Comunicação direta: a falta de capacidade de compreender os próprios sentimentos leva à comunicação mais direta e concreta, bem objetivo e sem espaço para interpretações emocionais ou subjetivas.
  • Relacionamentos amorosos: outro sintoma bem claro de alexitimia é a dificuldade em manter relacionamentos amorosos, isso porque não há uma preocupação com os sentimentos do(a) parceiro(a), o que leva ao distanciamento e ao final da relação com o passar do tempo.

Possíveis causas da alexitimia

  • Ambiente: mesmo não havendo nenhuma comprovação científica das causas da alexitimia, especialistas da área apontam o ambiente como um fator determinante para o problema, principalmente nos anos de formação da pessoa. Crianças e adolescentes que crescem em lares onde o “falar sobre sentimentos” não é estimulado, apresentam dificuldades em compreender as próprias emoções.
  • Formação neurológica: outros especialistas da área também apontam problemas na formação neurológica da pessoa, porém não há qualquer comprovação científica. Segundo estas pessoas, existiria um rompimento na comunicação entre os dois hemisférios cerebrais, um rompimento chamado de comissurotomia espontânea. Como reflexo do problema, a pessoa passaria a ter uma limitada capacidade de coordenar e integrar atividades inter-hemisféricas.

ARTIGOS RELACIONADOS