20 sinais de um relacionamento destrutivo | Arita - Treinamento de Inteligência emocional

20 sinais de um relacionamento destrutivo

20 sinais de um relacionamento destrutivo

20 sinais de um relacionamento destrutivo

Certamente você já ouviu alguém falando que “no começo do namoro, tudo era um mar de rosas”, ou mesmo você pensa dessa maneira quando analisa sua atual situação. Porém, com o passar do tempo e o desgaste natural da relação, em muitos casos, o relacionamento pode se tornar destrutivo e transformar a vida do casal em um verdadeiro inferno, insuportável. A boa notícia é que há sinais de um relacionamento destrutivo que você mesmo pode identificar.

Ficou com curiosidade? Continue lendo o post de hoje, aqui no blog da Arita Treinamentos.

Fique atento (a) aos 20 principais sinais de um relacionamento destrutivo

  1. Humilhação constante: seu parceiro (a) te coloca em situações embaraçosas na frente dos amigos, te humilha e faz piada com tudo o que tem relação com você;
  2. Discordância: ele/ela não concorda em nada com as suas opiniões e sempre faz pouco caso das sugestões e ideias que você propõe;
  3. Parece ter a capacidade de te fazer sentir mal a todo o momento;
  4. Mesmo após você reclamar da situação, faz pouco caso, e apresenta argumentos como “você é muito sensível” ou “isso não é nada”;
  5. Tem a necessidade quase patológica de tentar te controlar, quase uma relação de pai com filho. Ele/ela te enxerga como uma criança;
  6. Enxerga a necessidade de ser o responsável pela maneira como você se comporta intimamente e em seu círculo de amizades;
  7. Você tem a sensação de quem precisa da autorização do seu/sua parceiro (a) para fazer qualquer coisa, como ir sozinho (a) ao supermercado;
  8. A pessoa responsável pelo relacionamento destrutivo controla os gastos do/a companheiro/a de uma forma rígida;
  9. Tem o hábito de diminuir os seus sonhos, conquistas e esperanças. Enxerga tudo o que você deseja alcançar como algo banal e sem importância;
  10. A pessoa faz você se sentir sempre errada, sempre responsável pelos problemas do casal ou de uma situação específica;
  11. A reprovação é constante, seja por olhares ou mesmo por atitudes e negações;
  12. Vive apontando suas falhas e defeitos, inclusive em ambientes públicos como na roda de amigos e em reuniões familiares;
  13. Promove mentiras ao seu respeito com certa frequência, mesmo que isso venha a te prejudicar pessoal e profissionalmente;
  14. Apresenta um comportamento agressivo e não tem a capacidade de levar uma conversa com bom humor. Fica muito irritado/a quando alguém faz piada ou comentário;
  15. É intolerante e desrespeitoso/a e não consegue se desculpar em hipótese alguma, mesmo quando a responsabilidade é evidente. Sempre busca colocar a culpa em terceiros;
  16. Faz o que quer, sempre, mesmo que isso não seja do seu agrado ou mesmo consentimento. É extremamente egoísta;
  17. Age com distanciamento emocional na maior parte do tempo e não mostra qualquer sensibilidade;
  18. Não há qualquer sinal de empatia e compaixão;
  19. Tem o hábito nada saudável de compartilhar informações pessoais suas, do casal, com outras pessoas;
  20. Não consegue enxergar que tem um problema, que age de maneira abusiva, mesmo quando é confrontado.

Como a inteligência emocional pode ajudar?

Dentro de um relacionamento destrutivo, a primeira medida para tentar melhorar a situação é reconhecer que há um problema e que uma ajuda externa é necessária. Nesse ponto, através de treinamentos de inteligência emocional, é possível identificar com precisão as causas psicológicas do problema ou os traumas passados que levaram a tal cenário. A partir disso, são executados planos personalizados que vão trabalhar as habilidades e potencialidades das pessoas envolvidas em busca de um bem comum, de um ponto de intersecção saudável para todas as partes.

Quer saber como tudo isso pode funcionar? Entre em contato hoje mesmo com a equipe da Arita Treinamentos. CLIQUE AQUI.

Crédito: skynesher / Tipo de licença: Royalty-free / Coleção: iStock / Getty Images Plus

ARTIGOS RELACIONADOS