A Timidez | Arita - Treinamento de Inteligência emocional

A Timidez

Existe uma diferença enorme entre ser discreto e tímido. O tímido não se arrisca a expor suas qualidades no grupo por se preocupar excessivamente com a opinião dos outros sobre si. Estaria a timidez no mundo coorporativo diretamente ligada a falta de coragem? Será simples assim definir a timidez? Outro dia ouvi de um colega de trabalho: “_Fulano parece um papel de parede. Ninguém percebe a presença dele no lugar_”. Seria cômico se este amigo, o Fulano, não fosse um líder de equipe e chefe de setor. Então, não é cômico, é trágico.

Como uma pessoa responsável pela motivação de funcionários pode passar despercebida no ambiente de trabalho? Certamente tem alguma coisa errada nesse departamento, e o “invisível” mais cedo ou mais tarde será descoberto por conta da invisibilidade de seus resultados. Fulano pode não ter escolhido essa postura. Se chegou ao cargo de chefia é porque possui qualidades importantes para a empresa, inteligência emocional suficiente para adequar e resolver conflitos.

Mas o medo desses julgamentos – que configura baixa autoestima – o faz parecer _um papel de parede_. Talvez o seu superior esteja arrependido de ter promovido Fulano. Ele não parece o mesmo que fez jus à promoção, focado na autorrealização e crescimento na empresa. Agora que precisa atuar em reuniões, dividir decisões ouvir e principalmente falar com subordinados, clientes e fornecedores, se abstém e dá a palavra a outro, inibido.

O competente e inteligentíssimo Fulano está com medo de julgamentos. Não consegue expor suas ideias quiçá num pequeno grupo de _brainstorming._ Fulano que antes parecia discreto, na verdade é controlado pela timidez, sentimento que interfere de forma definitiva na realização de seus projetos impedindo conquistas. A timidez não protege ninguém da exposição, pelo contrário.

Uma pessoa que faz de tudo para não ser julgada ou notada está levando a si mesma para o caminho do insucesso. Não podemos julgar os motivos que levam alguém a se fechar desta forma. Mas podemos afirmar sem dúvidas que é preciso tratar a timidez como um problema. Claro, se você decidir viver sozinho e tiver condições para curtir sua timidez e falta de exposição e ainda assim conquistar a felicidade e sucesso que espera, fique no seu canto.

Mas se a intenção é vencer desafios na empresa, vencer bloqueios na vida pessoal, você precisa primeiro vencer a timidez. Procure saber como. Procure ajuda de especialistas, coaching, psicólogo, procure se conhecer melhor. Comece a trilhar o caminho de sucesso e recompensa que sua capacidade faz por merecer. Não seja um papel de parede!

Lizandra Arita

Graduada em Psicologia pela Universidade Bandeirante de São Paulo e em Engenharia pela FEI, Lizandra Arita é também psicóloga Institucional e Clínica, atuando desde 1998 (22 anos) em treinamentos de autodesenvolvimento. Especialista em PNL (Programação Neuro Linguística), Hipnose e Autohipnose, Rebirthing, Psicodinâmicas, Gerenciamento de Emoções e Conflitos, Lizandra é especialista em casos de depressão, ansiedade, processos emocionais ou comportamentais, problemas de relacionamento, fobias, pânico e transtornos obsessivos compulsivos.

Entre suas especializações, Lizandra tem formação em cursos de aperfeiçoamento de Master Practitioner pela SBPNL, Disney’s Approach to Quality Service (Disney Institute), Os Segredos da Mente Milionária (T. Harv Eker), Unleash the Power Within (Anthony Robbins), Hipnose & Auto-Hipnose (Instituto AmanheSer), Formação Profissional em Renascimento (Instituto Renascimento), Rebirthing (Instituto Sinergia),Grupo Dirigido de Psicodinâmica em Negócios (Cogni MGR), The Healing Potential of Non-Ordinary States of Consciousness (Stanislav Grof), Movie Yoga – Turning Your Life into an Epic Adventure (Tav Sparks), The Adventure of Self-Discovery/A Holotropic Breathwork Experience (Stanislav Grof e Tav Sparks), Gerenciamento de Emoções e Conflitos (Cogni MGR) e Psicologia Pré e Peri Natal (ACT Institute).

ARTIGOS RELACIONADOS

Fale por Whatsapp