Dificuldade de impor limites: a importância de enfrentar a postura de passividade | Arita - Treinamento de Inteligência emocional

Dificuldade de impor limites: a importância de enfrentar a postura de passividade

Dificuldade de impor limites: a importância de enfrentar a postura de passividade

Escala emocional: conheça os diferentes níveis e como “subir” de nível

Nossas emoções determinam nosso comportamento. Subir na escala emocional é fundamental é assumir o compromisso de buscar e alcançar uma vida mais feliz.

Já ouviu falar de escala emocional? Caso esteja lendo sobre isso pela primeira vez, seu conceito é baseado na frequência do pensamento manifestado em relação às nossas emoções, ou seja, uma escala que mede nossa reação e comportamento sobre aquilo que possuímos, nossos sonhos, condições e tudo mais que faz parte da nossa vida pessoal, profissional, amorosa, familiar e em vários outros aspectos.

No post de hoje, aqui no blog da Arita Treinamentos, vamos conferir quais são os níveis da escala emocional e também como subir de nível dentro dela. Continue a leitura!

Os diferentes níveis da escala emocional

Dentro do mundo acadêmico, a escala emocional é classificada com emoções positivas e negativas, que apresentam níveis diferentes. Trata-se de uma escala que apresenta possibilidade de mudanças, é possível sair de uma condição para outra. Confira, a partir das emoções negativas para emoções positivas:

• Apatia
• Desespero
• Raiva
• Frustração
• Pessimismo
• Dúvida
• Aborrecimento
• Contentamento
• Esperança
• Otimismo
• Expectativa
• Entusiasmo
• Paixão
• Plenitude

Dentro dessa escala de emoções, entendemos as emoções negativas como a manifestação neurológica de ausência de tudo que desejamos, daquilo que buscamos. Em outras palavras, quando não temos o que queremos, surge a apatia, o desespero, a raiva e assim por diante. Por outro lado, quando alcançamos objetivos, chegamos ao entusiasmo, paixão e plenitude.

É possível subir de nível na escala emocional?

Sim, sim e sim! A escala emocional existe para que possamos compreender nossas emoções e subir de nível, afinal este é objetivo que todos devemos perseguir na vida: a felicidade. E é importante que você saiba que existem técnicas que auxiliam nesta caminhada, rumo à satisfação plena. Confira:

1. Pense positivamente: muitas pessoas falam sobre isso e é verdade! Pensar positivo é uma ótima maneira para avançar na escala emocional, isso porque os pensamentos negativos geram insegurança e dúvidas que impendem a evolução emocional das pessoas. Por outro lado, enxergar a positividade é essencial para encarar todas as situações com mais segurança e isso contribui para o aumento da felicidade.
2. Olhe para o copo meio cheio: faça este exercício sempre que uma situação te colocar em um estado de apreensão e nervosismo, mexendo com suas emoções. Olhe para o copo meio cheio, tente enxergar as possibilidades de sucesso e como você pode ser feliz, mesmo frente a adversidades.
3. Não pense 100% do tempo em problemas: você precisa levar sua mente para outro ponto de atração, para um cenário onde os problemas do dia a dia não existem (ou pelo menos dão uma folga). Você pode sair com os amigos depois do expediente, assistir um filme no cinema com seus filhos, reunir a família em um churrasco e assim por diante.
Aplicando estas técnicas é possível subir na escala emocional, um nível por vez, sempre no seu ritmo e conforme as necessidades que possui. Outra alternativa muito eficaz é contar com a ajuda profissional de pessoas que lidam com casos assim diariamente, que utilizam metodologias comprovadamente eficazes, como a inteligência emocional.

A inteligência emocional pode te ajudar!

A Arita é uma empresa especializada em inteligência emocional e aplica treinamentos modernos e adequados a cada perfil de cliente. Um compromisso assumido com homens e mulheres que buscam subir na escala emocional e alcançar o estado de plenitude emocional, onde a felicidade reina. E você pode chegar lá!
Fale hoje mesmo com um dos nossos especialistas e esclareça suas dúvidas sobre a escala emocional e como os treinamentos de inteligência emocional podem ajudar!

ARTIGOS RELACIONADOS