Veja 7 dicas de como lidar com pessoas fechadas | Arita - Treinamento de Inteligência emocional

Veja 7 dicas de como lidar com pessoas fechadas

Veja 7 dicas de como lidar com pessoas fechadas

Veja 7 dicas de como lidar com pessoas fechadas

Você tem aquele amigo que tem dificuldade de se expressar ou de contar algo pessoal da sua vida e não sabe como se comunicar melhor com ele? Existem pessoas tão fechadas que fazem questão de colocar barreiras em determinados assuntos. São capazes de conversar sobre várias coisas, porém quando o assunto é pessoal elas se demonstram inacessíveis. Então, como lidar com pessoas fechadas?

Se você conhece alguém assim ou se identificou com essas características é bem provável que você possa ser o que chamamos de pessoa emocionalmente distante.

A pessoa emocionalmente distante, além de manter certa distância também pode demonstrar-se insensível diante de assuntos que envolva as emoções dos outros. No momento pode exprimir uma falta de empatia e frieza, mas se configura como um problema quando fica claro quando essa pessoa cria barreiras para que as demais não se aproximem, por mais que tentem.

Além de impedir a aproximação dos colegas, pessoas assim não conseguem se manter em intimidade emocional com o outro. E então, barreiras como o isolamento, a crítica excessiva e até a falta de compaixão são usados como escudos sociais, tudo para não permitir que ninguém tenha contato com o seu emocional.

Um dos motivos que levam uma pessoa a ser emocionalmente distante são problemas de vínculos afetivos na primeira infância: uma relação familiar conturbada pode determinar o emocional de um indivíduo na fase adulta. Traumas também podem desencadear reações inconscientes de fuga ou proteção. Independentemente dos motivos é importante tentar ajudar a pessoa a superar essa barreira emocional e poder contar com os colegas.

Atenção: 7 dicas de como lidar com pessoas fechadas

Uma pessoa fechada é, na verdade, uma pessoa que está precisando de ajuda. O fato de não saber lidar com uma emoção já nos deixa em alerta de que um sofrimento deve estar instalado. A seguir confira as dicas que separamos para você aprender a lidar com uma pessoa fechada:

  1. Ganhe confiança: uma das formas de se aproximar de pessoas fechadas é não pressioná-las a se abrirem. Utilize seus momentos com a pessoa e fale sobre sua vida sem esperar nada em troca. Agindo de maneira altruísta você poderá ganhar a confiança dela mais facilmente e quem sabe quebrar um bloqueio.
  2. Respeite os limites: avalie a situação e veja se entrar em um determinado assunto pode estar causando grande sofrimento para a pessoa. Tente encontrar uma área que ela se sinta um pouco mais confortável, o que vai facilitar a interação.
  3. Aceite as limitações: aceite que nem sempre você terá sucesso nas incursões no mundo emocional da pessoa. E o que pode parecer moroso para você pode estar sendo um grande avanço para a pessoa que está tentando se desbloquear. Confie no processo e aceite as limitações do seu colega.
  4. Mostre outra versão: tente acessar tal indivíduo  através de outra maneira sem que seja conversar diretamente sobre suas emoções. Outros aspectos podem ficar mais claros e ajudar nesse processo de conhecimento;
  5. Sugira ajuda especializada: como escudo social, as pessoas criam bloqueios para não acessar certos sentimentos ligados a algum trauma ou decepção do passado. Diante disso, é interessante mostrar para a pessoa que a ajuda especializada de médicos e terapeutas podem tirá-la do sofrimento.
  6. Respeite a fase: nem sempre um bloqueio emocional dura para sempre. Pode ser que seja apenas uma fase que a pessoa está passando. Também, em determinados momentos da vida, esse bloqueio pode vir em menor ou maior intensidade. Mas lembre-se que é normal se sentir inseguro em determinados momentos da vida;
  7. Incentive o autoconhecimento: uma das ferramentas disponíveis e de grande valia são os treinamentos de inteligência emocional. A Arita tem cursos na área de habilidades emocionais voltada para pessoas que querem ter uma vida mais plena. Sugira um treinamento de autoconhecimento. Acesse o site e veja as opções.

Crédito: Milkos / Tipo de licença: Royalty-free / Coleção: iStock / Getty Images Plus

 

Lizandra Arita

Graduada em Psicologia pela Universidade Bandeirante de São Paulo e em Engenharia pela FEI, Lizandra Arita é também psicóloga Institucional e Clínica, atuando desde 1998 (22 anos) em treinamentos de autodesenvolvimento. Especialista em PNL (Programação Neuro Linguística), Hipnose e Autohipnose, Rebirthing, Psicodinâmicas, Gerenciamento de Emoções e Conflitos, Lizandra é especialista em casos de depressão, ansiedade, processos emocionais ou comportamentais, problemas de relacionamento, fobias, pânico e transtornos obsessivos compulsivos.

Entre suas especializações, Lizandra tem formação em cursos de aperfeiçoamento de Master Practitioner pela SBPNL, Disney’s Approach to Quality Service (Disney Institute), Os Segredos da Mente Milionária (T. Harv Eker), Unleash the Power Within (Anthony Robbins), Hipnose & Auto-Hipnose (Instituto AmanheSer), Formação Profissional em Renascimento (Instituto Renascimento), Rebirthing (Instituto Sinergia),Grupo Dirigido de Psicodinâmica em Negócios (Cogni MGR), The Healing Potential of Non-Ordinary States of Consciousness (Stanislav Grof), Movie Yoga – Turning Your Life into an Epic Adventure (Tav Sparks), The Adventure of Self-Discovery/A Holotropic Breathwork Experience (Stanislav Grof e Tav Sparks), Gerenciamento de Emoções e Conflitos (Cogni MGR) e Psicologia Pré e Peri Natal (ACT Institute).

ARTIGOS RELACIONADOS

Fale por Whatsapp